Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2010

Poucos Poemas à Vida!

Passou metade do tempo de participação no 4º Prémio de Poesia em Rede e apenas 18 poemas são concorrentes.

 

A fase de participação termina no fim de Março, mas o prémio só será entregue com um número mínimo de 20 participantes.

 

Todos podem participar! E ganhar 100 euros com um poema!

publicado por poesiaemrede às 23:44
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010

Crie um Poema e Ganhe 100 euros!

Artigo 7º

(Valor e Distribuição do Prémio)

            O Quarto Prémio de “Poesia em Rede” terá um valor mínimo de 100 euros e será entregue na totalidade ao poema vencedor, excepto se se verificar uma das seguintes situações:

a)      Em caso de empate, será distribuído pelos vencedores até um limite de 10, não sendo atribuído se o número de vencedores for superior a 10.

b)      Se o poema classificado em segundo lugar obtiver um resultado acima de 85 pontos percentuais em relação ao poema vencedor, o prémio será dividido igualmente pelos dois.

c)      Em caso de empate no segundo lugar, metade do prémio será distribuído pelos segundos classificados, até um limite de 10, não sendo atribuído se o número de segundos classificados for superior a 10.

 

http://twitter.com/poesiaemrede

 

publicado por poesiaemrede às 00:30
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Março de 2009

Poesia em Rede III "As Crianças"

 Artigo 15º

(Parcerias)

            Este prémio poderá realizar parcerias com outras entidades ou pessoas, individuais ou colectivas, publicas ou privadas, desde que salvaguardado o prestígio do mesmo, sendo que não interferirão neste regulamento, com as excepção dos seguintes aspectos:

a) Aumento do valor do prémio a atribuir;

b) Aumento do número de premiados;

c) Aumento da divulgação e publicitação do concurso;

d) Realização de cerimónia de atribuição dos prémios;

e) Colaboração em publicações posteriores das obras a concurso, premiadas ou não.
publicado por poesiaemrede às 23:49
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 8 de Fevereiro de 2009

Prémio de Poesia

Informamos que já estamos no Twitter. Quem nos quiser "seguir" é só clicar em

http://twitter.com/poesiaemrede

publicado por poesiaemrede às 02:25
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 27 de Janeiro de 2009

30 Poemas em Rede num mês!

No primeiro mês de participação ultrapassamos as três dezenas de poemas. Ainda faltam dois meses para terminar esta fase de participação.

 

Voltamos a convidar todos os criadores de poesia a por à prova os dotes próprios de criação poética. Neste concurso "em rede" outros poetas avaliarão a obra criada, e isso merece ser destacado. 

 

Regulamento e Contacto no site principal de "Poesia em Rede".

publicado por poesiaemrede às 00:48
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2008

Prémio de Poesia - Tema: "As Crianças"

Crie um Poema sobre "As Crianças" e ganhe 150 Euros...

 

...se o seu poema for considerado o melhor pelos outros participantes.

 

Todo o Regulamento está disponível no site principal de Poesia em Rede em http://poesiaemrede.no.sapo.pt

 

 

 

publicado por poesiaemrede às 01:09
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 11 de Novembro de 2008

III Prémio de Poesia em Rede

Poemas Infantis, Poemas sobre, de, ou para Crianças, é o tema deste III Prémio de Poesia em Rede.

 

O Melhor Poema receberá o prémio de 150 euros, para além de ser avaliado por todos os demais participantes.

 

Convidamos todos a criarem um poema sobordinado ao tema exposto, e enviá-lo para o endereço de Poesia em Rede, a partir do dia de Natal*.

 

O Regulamento completo pode ser consultado no site principal do projecto Poesia em Rede, com links a partir deste blog de informações.

 

*só são válidos os poemas enviados a partir desta data: 00:00h de 25 de dezembro.

publicado por poesiaemrede às 01:13
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 2 de Novembro de 2008

O Melhor do Mundo: As Crianças

Neste Terceiro Prémio de Poesia em Rede convidamos todos os amantes da poesia a homenagearem o melhor do mundo: as crianças.

 

Todos nós já fomos crianças, todos temos crianças na família, todos gostamos de ser crianças às vezes...

 

Ou em homenagem às crianças em geral, ou sobre uma em particular, ou ainda poemas dirigidos às crianças, divertidos ou com muita fantasia, muitas são as possibilidades para se criarem belos poemas. Por isso, todos podem participar.

 

Já sabem as regras: Poemas inéditos, até 30 linhas, enviados a partir do dia 25 de Dezembro - dia de Natal (ou não fosse o tema as crianças).

 

Cada pessoa só pode participar com um poema e deve ser enviado acompanhado do número de um documento oficial.

 

O melhor poema receberá o prémio - 150 euros - que pode ser dividido por mais de um vencedor.

 

Os poemas serão avaliados pelos participantes, na segunda fase, em Abril de 2009. E os vencedores serão conhecidos em Maio de 2009.

 

Mentes brilhantes a trabalhar, em prol da poesia em lingua portuguesa, e vamos fazer deste concurso mais um sucesso "em rede".

publicado por poesiaemrede às 01:19
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 12 de Janeiro de 2008

Aos Amantes da Poesia Portuguesa...

A todos os amantes da poesia, em Língua Portuguesa, convidamos a participar no II Prémio de Poesia em Rede.

Basta enviar um poema até 30 linhas, sujeito ao tema "A Minha Terra".

O melhor poema receberá um prémio de 150 euros!


publicado por poesiaemrede às 02:16
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 5 de Janeiro de 2008

Um Poema Vale 150 Euros

Já se atingiu o número mínimo de poemas para o prémio ser entregue. Por isso, um destes  Poemas a Concurso vai vencer e o seu autor receber um prémio de 150 euros.

Quem desejar participar deve  Consultar o Regulamento

Mais sobre 
"Poesia em Rede".
publicado por poesiaemrede às 01:54
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 8 de Dezembro de 2007

Cada dia, um poema, de cada terra!

Em oito dias recebemos oito poemas para concurso (mais os que não cumpriam o regulamento). Temos três meses para esta fase, excepto se se alcançar o limite de 250 poemas sobre "A Minha Terra". Recordamos que o prémio só é atribuído perante um mínimo de 20 poemas participantes.

Esperamos que todos estejam a activar a sua criatividade poética, ou a seleccionar um dos poemas escritos no passado.

Este projecto prolonga-se no tempo, porque aqui a poesia é para ser "saboreada". Contamos com a participação de todos os que gostam de a saborear, para entrarem nesta "rede"  mostrando também a veia poética própria!

Por aqui pode saborear os Poemas a Concurso

Por aqui pode (e deve) Consultar o Regulamento

Por aqui pode consultar a página principal de "Poesia em Rede"


publicado por poesiaemrede às 23:59
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 11 de Março de 2007

Extrato do Regulamento

(Valor do Prémio)

            O prémio deste primeiro concurso de “Poesia em Rede” terá um valor mínimo de 100 euros e será entregue ao vencedor, ou, em caso de empate, distribuído pelos vencedores até um limite de 10, não sendo atribuído se o número de vencedores for superior a 10.
publicado por poesiaemrede às 12:50
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 1 de Janeiro de 2007

Recepção de Poemas

Agora que o novo ano se iniciou, já podem enviar para o contacto disponível no Site Poesia.em.Rede os vossos Poemas de Amor.

Consultem o regulamento para cumprirem todas as regras deste concurso. Só assim poderão ganhar. O prémio para o melhor poema - se não houver empates - é, no mínimo, de 100 euros!
publicado por poesiaemrede às 02:59
link do post | comentar | favorito
|
Link_para_Poesia_em_Rede

.Informações Recentes

. Poucos Poemas à Vida!

. Crie um Poema e Ganhe 100...

. Poesia em Rede III "As Cr...

. Prémio de Poesia

. 30 Poemas em Rede num mês...

. Prémio de Poesia - Tema: ...

. III Prémio de Poesia em R...

. O Melhor do Mundo: As Cri...

. Aos Amantes da Poesia Por...

. Um Poema Vale 150 Euros

. Cada dia, um poema, de ca...

. Extrato do Regulamento

. Recepção de Poemas

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.arquivos

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.Site Principal

.tags

. todas as tags

Site_Poesia_em_Rede
blogs SAPO

.subscrever feeds

visitas
Contador de visitas