Quinta-feira, 8 de Novembro de 2007

II Prémio de Poesia em Rede: "A Minha Terra"

INFORMAÇÕES IMPORTANTES


Artigo 7º

(Valor do Prémio)

            O Segundo Prémio de “Poesia em Rede” terá um valor mínimo de 150 euros e será entregue ao vencedor, ou, em caso de empate, distribuído pelos vencedores até um limite de 10, não sendo atribuído se o número de vencedores for superior a 10.


NOTA IMPORTANTE: Em caso do premiado desejar receber o seu prémio fora do território nacional de Portugal, ao mesmo serão descontados os custos de envio.


 Artigo 13º

(Prazos)

            O concurso rege-se pelos seguintes prazos, que poderão ser alterados se entretanto forem cumpridos todos os parâmetros, sem que disso resulte prejuízo para os participantes:

a) Até 30 de Novembro de 2007 – Divulgação do concurso.

b) De 1 de Dezembro de 2007 a 29 de Fevereiro de 2008 – Recepção e Publicação Provisória dos Poemas.

c) Até 10 de Março de 2008 – Publicação Final dos Poemas.

d) De 10 de Março a 10 de Abril de 2008 – Recepção das Votações.

e) Até 10 de Maio de 2008 – Publicação dos Vencedores.


NOTA: Para efeitos de registo será usada a hora oficial de Portugal Continental.


Consulte o
Regulamento.

 

publicado por poesiaemrede às 23:46
link | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.Informações Recentes

. Fim do VI Prémio de Poesi...

. Anúncio do Vencedor!

. Prémio Anunciado em Breve

. Votação Termina Hoje

. Poesia em Rede - Inicio d...

. 45 Poemas em Rede

. Poesia em Rede: Último di...

. Envio de Poemas termina S...

. Poesia em Rede até 31 de ...

. Poeta Procura-se

. Dia Mundial da Poesia

. Email de Poesia em Rede

. Use a poesia para "Protes...

. Poucos Poemas de Interven...

. Poemas de Intervenção: Pa...

. Poesia em Rede - Poemas d...

. Fase de Envio dos Poemas

. Recepção de Poemas começa...

. Poemas de Intervenção

. Poesia em Rede

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.arquivos

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.Site Principal

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds